Desde o início de outubro a Igreja Presbiteriana Jardim de Oração, em Santos, vem convidando, semana após semana, “irmãos com mais de 60 anos” a participarem de seus dois cultos dominicais. Mais de 800 pessoas já morreram na cidade de Santos por causa da covid-19. Outras 42 mortes suspeitas estão em investigação. Segundo dados da prefeitura de Santos, 86,2% dos mortos tinham 60 anos ou mais.

A Igreja Presbiteriana Jardim de Oração tem como “pastor efetivo” o ministro da Educação, Milton Ribeiro. A igreja pastoreada por Ribeiro voltou a realizar cultos presenciais no início de agosto, logo após a posse do reverendo no MEC. Os cultos acontecem aos domingos, de manhã e à noite, com reserva de vagas pela internet. Outras atividades religiosas presenciais que têm acontecido na igreja são as reuniões de adolescentes, às sextas, e as reuniões de jovens, todo sábado. Já as reuniões de oração acontecem em regime de “Home Prayer”…

Nas redes sociais, a Igreja Presbiteriana Jardim de Oração promove assim seus encontros de adolescentes de toda sexta à noite: “Chame seus amigos, pegue seu máscara e cola com a gente” – “cola com a gente”.

Em julho, a igreja convocou para o dia da posse de Milton Ribeiro no Ministério da Educação uma “vigília de oração pelo ministério do nosso pastor”.

Então, como neste “novo Brasil” oração rima com educação, Ribeiro ora tenta forçar a comunidade acadêmica das universidades federais a voltar às atividades também, nos campi, seja pela portaria 1030/2020 do MEC, que marca para 4 de janeiro o retorno “das atividades letivas presenciais”, seja pela recusa do MEC em homologar permissão de aula remota até o fim de 2021.

E num culto de agora em novembro na Igreja Presbiteriana Jardim de Oração a pregação foi assim: “Eu não sei como foi o ano de 2020 pra você. Talvez pra maioria tenha sido um ano desastroso. Talvez pra você não. Talvez você não tenha perdido ninguém. Talvez você não tenha sofrido com seus negócios. Talvez você tenha tido até algum benefício. Talvez seu patrimônio tenha crescido. Mas se você passou esse ano de 2020 sem conhecer esse Deus soberano, foi um ano perdido. Mas se nos maravilharmos com esse Cristo, por causa dele, 2020 ainda pode ser o melhor ano da sua vida, ainda que o barco afunde”.